in

Os carros que saíram de linha mas até hoje estão no coração dos brasileiros

Que brasileiro adora carro, ninguém duvida, não é mesmo? Aliás, os carros é uma das coisas que mais marcam determinados momentos da vida de uma pessoa.

Antigamente, dirigir era algo mais prazeroso e as pessoas tinha isso como uma diversão mais constante.  

Esse post foi criado para mostrar os carros, podendo ser mais antigos ou não, que marcaram a vida de muitas pessoas e até hoje estão presentes na memória.

Fusca

Quem é que não gosta do Fusca? Esse carro até hoje deixa boas lembranças na cabeça das pessoas mais antigas e inclusiva, os mais novos gostam desse carro para poder dar aquela remodelada e fazer sucesso por aí.

Fiat 147

Você sabia que o Fiat 147 foi o primeiro carro produzido pela Fiat no Brasil? Isso por que em 1976, a fábrica inaugurava sua primeira montadora no Brasil, sendo um divisor de água no mercado de carros do Brasil.

Vale salientar que no início ele era odiado pelo por causa do câmbio, mas passou a ser amado pelos colecionadores.

Jipe

A melhor palavra para definir o Jipe é saudade. Esse carro faz parte da história americana e seu lançamento ocorreu no de 1952. Além disso, ele foi nacionalizado no ano de 1954 e acabou sendo produzido até 1983.

Passat

Foi no ano de 1974, que o Passat surgiu no Brasil, sendo um ano depois do surgimento na Europa. Sua primeira carroceria no Brasil tinha duas portas e no ano de 1975 que saiu a versão com 4 portas.

Kombi

Inicialmente a Kombi foi lançada com o nome de Kombinationsfahrzeug, sendo inclusive, uma versão muito parecida com o Fusca. A Kombi era uma opção mais barata de lazer e transporte para as pessoas. Vale salientar que sua mecânica era simples e barata.

Simca Chambord

Um dos carros que mais deixaram saudade nas pessoas foi o Simca Chambord. Isso por que até música esse carro ganhou. Ele era produzido pela Simca francesa entre os anos de 1958 e 1961. Vale salientar que ele imitava os carros americanos da época.

Opala

Opala ou “Opalão”, os dois nomes eram comuns na época de seu sucesso. O Opala era um dos carros de maior sucesso e potência de sua época. Seu nome foi uma fusão entre Opel e Impala. O Opala teve várias versões aqui no Brasil, sendo vendidos quase 1 milhão de exemplares.

Karmann-Ghia

Mesmo sua mecânica não tendo ajudado muito, o Karamann-Ghia foi produzido primeiramente na Alemanha para depois ser produzido no Brasil. Quase 500 mil carros foram produzidos por aqui entre os anos de 1955 e 1975.

Rural

Depois de 12 anos do seu lançamento nos Estados Unidos, a Rural chegou as terras brasileiras para que sua produção durasse o período de 19 anos, onde mais de 180 mil unidades foram produzidas.

UNO

Mais precisamente no ano de 1984, o Uno foi lançado no Brasil e o objetivo era suceder ao Fiat 147. No entanto, por causa do problema no câmbio do 147, o sucesso do Uno se deu apenas na década de 1990, que foi o período que os motores de 1000 cm³ passaram a ter alíquota de IPI reduzidas.

Maverick

Para o mercado do Brasil, o Maverick era confortável, espaçoso, potente e luxuoso. No entanto, para o mercado dos Estados Unidos ele era considerado um modelo pequeno, barato e fraco. No Brasil, o Maverick foi lançado em todas as suas versões.

Corsa

O lançamento do Corsa aconteceu no ano de 1994 e sua forma tinha o modelo da 2ª geração do Opel Corsa Alemão. o modelo veio para o Brasil com a ideia de substituir o Chevrolet Chevette. Inclusive, teve um sucesso muito grande, até mais do que o esperado.   

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

carros

Os carros mais espetaculares da década de 60

carros

Os piores carros já produzidos no Brasil